Ciclista morre após ser atingido por ambulância do Samu que seguia para socorrer vítima de atropelamento.

Vítima tinha 45 anos e era porteiro de escola (Foto: Edivaldo Braga/Blog Braga)

Vítima tinha 45 anos e era porteiro de escola (Foto: Edivaldo Braga/Blog Braga)

Um ciclista morreu após ser atingido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) da cidade de Barreiras, na noite de segunda-feira (2). O acidente aconteceu no bairro Vila Dulce, em frente à escola onde a vítima trabalhava. De acordo com a polícia, Dinoelson Carlos Domingues, 45, havia saído da casa da irmã, que fica em um bairro vizinho ao local do acidente. Ele era porteiro e ia para a escola quando foi atropelado pelo Samu. O rapaz foi socorrido por funcionários da própria ambulância que o atingiu. Dinoelson chegou a ser levado para o Hospital do Oeste, mas não resistiu aos ferimentos. Antes do acidente, a ambulância seguia em direção ao centro da cidade, para atender uma vítima de atropelamento. Familiares de Dinoelson notaram a demora do rapaz em voltar para casa e foram procurar informações. Eles souberam da morte cerca de duas horas depois do acidente. Por conta da proximidade entre os dois lugares, a vítima havia saído sem documentos e celular, o que dificultou para encontrar a família. A polícia de Barreiras já instaurou inquérito para apurar as causas do acidente e testemunhas serão ouvidas. O G1 tentou contato com a coordenação do Samu de Barreiras, mas não conseguiu falar.