Propaganda

Beauty

Crédito da Foto: divulgação/SSP


Um bebê que estava sufocado foi socorrido por policiais militares no bairro de Plataforma, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), a ação aconteceu na noite de sexta-feira (2/2) e envolveu agentes da 14ª Companhia Independente (CIPM/Lobato). Os militares contaram que faziam rondas na localidade conhecida como Largo do Luso quando foram acionados pelo pai da criança pedindo ajuda para levar o filho a um hospital. Percebendo que o bebê precisava de atendimento imediato, foram prestados os primeiros socorros usando técnicas de reanimação. Após notarem que a criança havia apresentado melhoras, os PMs, juntamente com o pai, encaminharam o bebê para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paripe. Na unidade foi diagnosticado que o sufocamento foi causado pelo excesso de catarro decorrente de uma virose. A médica que deu continuidade ao salvamento ressaltou que os primeiros procedimentos usados pelos policiais foram essenciais para evitar complicação no quadro de saúde do bebê.Fonte:Aratu online.

NO SUFOCO: Policiais salvam bebê que apresentava problemas de respiração em Salvador.

Crédito da Foto: divulgação/SSP


Um bebê que estava sufocado foi socorrido por policiais militares no bairro de Plataforma, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), a ação aconteceu na noite de sexta-feira (2/2) e envolveu agentes da 14ª Companhia Independente (CIPM/Lobato). Os militares contaram que faziam rondas na localidade conhecida como Largo do Luso quando foram acionados pelo pai da criança pedindo ajuda para levar o filho a um hospital. Percebendo que o bebê precisava de atendimento imediato, foram prestados os primeiros socorros usando técnicas de reanimação. Após notarem que a criança havia apresentado melhoras, os PMs, juntamente com o pai, encaminharam o bebê para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paripe. Na unidade foi diagnosticado que o sufocamento foi causado pelo excesso de catarro decorrente de uma virose. A médica que deu continuidade ao salvamento ressaltou que os primeiros procedimentos usados pelos policiais foram essenciais para evitar complicação no quadro de saúde do bebê.Fonte:Aratu online.