Propaganda

Beauty




Um idoso de 70 anos foi amarrado, torturado e assassinado com vários tiros em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), nesta sexta-feira (9/2). O crime aconteceu na Avenida Camaçari, bairro do Guerreiro. Os suspeitos fugiram e são procurados pela polícia. Segundo o relatório da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), a vítima foi identificada como Marcos Cezar Martins Santos, 60. Ele foi amarrado, torturado e atingido por vários disparos de arma de fogo. Segundo a Polícia Militar (PM), os policiais foram acionados e informados sobre a existência de um corpo no Sitio da Pedra. No local, os militares encontraram o idoso caído com perfurações de arma de fogo e as mãos amarradas. A vítima já estava sem os sinais vitais. Ainda de acordo com policiais da 22ª CIPM, o autor dos disparos não foi identificado e fugiu após o crime. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) e Instituto de Medicina Legal (IML) estiveram no local e fizeram a perícia e recolheram o corpo. Uma equipe de investigação da 22ª Delegacia Territorial também estive presente no local.Fonte:Simões Filho Online.

Idoso é amarrado, torturado e assassinado a tiros em Simões Filho.




Um idoso de 70 anos foi amarrado, torturado e assassinado com vários tiros em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), nesta sexta-feira (9/2). O crime aconteceu na Avenida Camaçari, bairro do Guerreiro. Os suspeitos fugiram e são procurados pela polícia. Segundo o relatório da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), a vítima foi identificada como Marcos Cezar Martins Santos, 60. Ele foi amarrado, torturado e atingido por vários disparos de arma de fogo. Segundo a Polícia Militar (PM), os policiais foram acionados e informados sobre a existência de um corpo no Sitio da Pedra. No local, os militares encontraram o idoso caído com perfurações de arma de fogo e as mãos amarradas. A vítima já estava sem os sinais vitais. Ainda de acordo com policiais da 22ª CIPM, o autor dos disparos não foi identificado e fugiu após o crime. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) e Instituto de Medicina Legal (IML) estiveram no local e fizeram a perícia e recolheram o corpo. Uma equipe de investigação da 22ª Delegacia Territorial também estive presente no local.Fonte:Simões Filho Online.