Propaganda





O 12º Batalhão da Policia Militar juntamente com a 18ª Delegacia Territorial (DT) e a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), realizam, desta quinta-feira (07) até o dia 31 de dezembro, por todo o município de Camaçari, a Operação Pacto pela Vida. A Operação, que também conta com o apoio da RONDESP/RMS e da CIPE POLO, e emprega 65 policiais e 10 viaturas, além de ônibus em Base Policial Móvel, tem como objetivos centrais incrementar a sensação de segurança para a população camaçariense e ampliar ainda mais as abordagens a veículos e locais suspeitos, no sentido de diminuir os índices de crimes violentos no município. O serviço de inteligência do 12º BPM e sua Coordenadoria de Planejamento Operacional fizeram levantamentos no sentido de localizar e facilitar os pontos sensíveis para as abordagens, procurando otimizar todos os recursos disponíveis para o sucesso da Operação. A Operação se inicia no bairro Nova Vitória e deverá se estender às demais localidades da cidade atendendo a critérios estratégicos de policiamento. A grande novidade é a utilização de cães policiais farejadores da raça Molinois, pertencentes ao Batalhão de Guarda da PM, que atuarão como importante ferramenta de busca por drogas em ambientes de difícil acesso, o que oferece à Operação um ganho em eficiência e qualidade nas abordagens. Com fotos e informações da Ascom do 12º BPM.

Camaçari 12º Batalhão e 18ª DT realizaram Operação Pacto pela Vida.





O 12º Batalhão da Policia Militar juntamente com a 18ª Delegacia Territorial (DT) e a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), realizam, desta quinta-feira (07) até o dia 31 de dezembro, por todo o município de Camaçari, a Operação Pacto pela Vida. A Operação, que também conta com o apoio da RONDESP/RMS e da CIPE POLO, e emprega 65 policiais e 10 viaturas, além de ônibus em Base Policial Móvel, tem como objetivos centrais incrementar a sensação de segurança para a população camaçariense e ampliar ainda mais as abordagens a veículos e locais suspeitos, no sentido de diminuir os índices de crimes violentos no município. O serviço de inteligência do 12º BPM e sua Coordenadoria de Planejamento Operacional fizeram levantamentos no sentido de localizar e facilitar os pontos sensíveis para as abordagens, procurando otimizar todos os recursos disponíveis para o sucesso da Operação. A Operação se inicia no bairro Nova Vitória e deverá se estender às demais localidades da cidade atendendo a critérios estratégicos de policiamento. A grande novidade é a utilização de cães policiais farejadores da raça Molinois, pertencentes ao Batalhão de Guarda da PM, que atuarão como importante ferramenta de busca por drogas em ambientes de difícil acesso, o que oferece à Operação um ganho em eficiência e qualidade nas abordagens. Com fotos e informações da Ascom do 12º BPM.